Você não está Logado ou Registrado no Fórum. Por favor, faça o Login ou o Registro .
Links Úteis
Você não está Logado ou Registrado no Fórum. Por favor, faça o Login ou o Registro .




Responder 
 
Avaliação do Tópico:
  • 1 Votos - 5 Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
- "Uso perneira... Mas como protejo meus braços?!"
25/11/2017, 01:07 (Resposta editada pela última vez em: 25/11/2017 08:18 por José Biologia.)
Resposta: #1
- "Uso perneira... Mas como protejo meus braços?!"
- Uma boa parte do pessoal se protege de eventuais riscos; incluindo os de acidentes com animais venenosos (que podem ou não, possuir peçonha)...
Cobrimos os pés, as pernas, ponhamos luvas, andamos com repelente no corpo, chapéu...
Porém, como protegemos os braços?!
A calça por si só, não impede que presas/ quelíceras atinjam a pele (por isso, o utilizar das perneiras)...
Será então, que o tecido de um casaco grosso irá impedir?!
Vamos lá...
O que fazer p/ evitar prováveis ataques nos braços, por exemplo?
Há algum equipamento específico de proteção testado e aprovado no mercado?
Acha exagero e um peso extra, ou procura soluções nesse quesito e se previne?!
Encontrar todas as respostas deste usuário
Gostar da resposta Citar esta mensagem em uma resposta
[+] 2 Membros Gostaram da Resposta do José Biologia
25/11/2017, 01:18
Resposta: #2
RE: - "Uso perneira... Mas como protejo meus braços?!"
- Como sabemos, cobras arborícolas também podem morder; é claro...
Algumas não possuem veneno, mas as bactérias presentes em suas bocas podem causar danos à saúde...
Como fazem p/ sanar tal problema?!
Estou afim de criar uma proteção de couro bovino, maleável e com algumas camadas...
Sei que vai pesar e vai ser quente... Mas, valerá o teste...
Encontrar todas as respostas deste usuário
Gostar da resposta Citar esta mensagem em uma resposta
[+] 2 Membros Gostaram da Resposta do José Biologia
25/11/2017, 07:45
Resposta: #3
RE: - "Uso perneira... Mas como protejo meus braços?!"
@José Biologia,

A utilização de proteção contra mordidas de cobras nos membros inferiores é essencial para quem faz investida em áreas infestadas por ofídios.
Mas o que vale mesmo é a atitude do mateiro ao caminhar pelas matas.
Sempre prestar atenção onde pisa ou coloca a mão é o fator de maior confiabilidade que existe.
Um bom exemplo é a minha propriedade em área de mata atlântica - Serra do Japi em Jundiaí/SP, onde partes do terreno são em aclives, com barrancos, pedras enormes, gargantas e córregos.
Do que adianta eu andar por um córrego, utilizando botas ou qualquer outra proteção para os membros inferiores, se o terreno está acima da linha de proteção ou andar beirando barrancos ou áreas com pedras grandes?
Na minha opinião, a utilização de proteção para os membros superiores é paliativa. Dependendo da situação, a mordida pode ser na cabeça, pescoço ou tronco.
Algumas espécies da família Bothrops (jararacas) arborícolas, como a Bothrops bilineata, encontrada na Amazônia e algumas áreas de mata atlântica, e a Bothrops insularis, também conhecida como jararaca-ilhoa, são exemplos de ofídios que podem resultar em fatalidades devido à potência de seus venenos.
Até mesmo as serpentes arborícolas não-peçonhentas podem colocar a vida do mateiro em risco. Podem causar sintomas incômodos, como dor, dormência, vermelhidão, inchaço, febre, sensação de queimação e até mesmo a transmissão de tétano, infecções secundárias e outras doenças.
O conselho é: ficar alerta e jamais baixar a guarda durante as caminhadas. E se na sua região houver cobras arborícolas, a atenção tem que ser triplicada.
Outro conselho é manter distância e afastar-se de ofídios quando encontrá-los. Tentar tirar fotos ou até mesmo tentar capturar o animal para observação, sem a devida habilidade e instrumentos próprios, pode acabar em fatalidade.
Abraço !

Bothrops bilineata
[Imagem: jarboricola1.jpg]

Bothrops insularis
[Imagem: jarboricola3.jpg]

É melhor estar preparado para uma oportunidade e não ter nenhuma, do que ter uma oportunidade e não estar preparado.
Mundus plenus idiotarum est.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Gostar da resposta Citar esta mensagem em uma resposta
[+] 4 Membros Gostaram da Resposta do Noinha
25/11/2017, 08:15 (Resposta editada pela última vez em: 25/11/2017 08:23 por José Biologia.)
Resposta: #4
RE: - "Uso perneira... Mas como protejo meus braços?!"
- Realmente, @Noinha...
Obrigado, pela grande observação e participação...
É sempre uma honra aprender com todos vocês...
Confesso que sou meio cismado, no que se refere à segurança... Principalmente quanto envolve bichos...
Estudo e trabalho de vez em quando, com algumas espécies gerais...
Quando sabemos algum detalhe à mais em relação, acabamos por querer tomar certas medidas de precaução...
Estou com um minúsculo projeto de/ para confeccionar algo em couro (como citei no comentário anterior)...
Como se fosse um "brasal", porém mais longo e articulado...
Enfim...
Só projeto, mesmo... P/ testar (espero que não venha realmente à precisar)...
Obrigado, pelo retorno.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Gostar da resposta Citar esta mensagem em uma resposta
[+] 4 Membros Gostaram da Resposta do José Biologia
25/11/2017, 09:56 (Resposta editada pela última vez em: 25/11/2017 10:03 por matulle.)
Resposta: #5
RE: - "Uso perneira... Mas como protejo meus braços?!"
Dias de calorão... ótimos para falar de serpentes peçonhentas. ConfusoConfusoConfusoohhohhohhSorrisãoSorrisãoSorrisão:

No norte e nordeste com invernos mais amenos que aqui no sul não tem um período de recolhimento devido a o frio. Mas, aqui o comportamento das jararacas e serpentes em geral é procurar troncos, pedras ou lages onde possam se aquecer, nestes casos também elas podem ficar enrodilhadas em um ramo ou mesmo cipó, assim que sentem um calor maior na saída de inverno. Atenção é tudo quando se vai tocar ou apoiar as mãos em algo é uma época de letargia, só que mesmo assim são perigosas.

Já nos dias de calor a atividade é mais rasteira. Só que no caso de noites frias encontrar-las se assolando logo pela manhã é algo muito comum.


***********************************************
Momento ajudinha:
@José Biologia. Quando for lincar um membro, faça assim Coloque o Arrouba @ababracolchetes[coloque o nome no membro] e feche os colchetes.
O @ vai ter que ficar verde e o nome em itálico.
***********************************************

Ouça o silencio da floresta!!!
Encontrar todas as respostas deste usuário
Gostar da resposta Citar esta mensagem em uma resposta
[+] 4 Membros Gostaram da Resposta do matulle
25/11/2017, 10:36
Resposta: #6
RE: - "Uso perneira... Mas como protejo meus braços?!"
- Obrigado, amigo @matulle...
Sou meio rude com a tecnologia... "Kkkk"...
Valeu, pelas informações extras...
Mais que certo...
Os répteis precisam do calor do Sol e de seus raios, costumando sair e ficarem expostos por um tempo...
Nos dias mais frios, procuram locais quentes p/ manterem o equilíbrio do corpo, perdendo o mínimo possível de reservas energéticas...
O chão pode passa sua temperatura p/ os seres que nele fica...
Nisso, sobem as árvores por extinto de sobrevivência...
Encontrar todas as respostas deste usuário
Gostar da resposta Citar esta mensagem em uma resposta
[+] 4 Membros Gostaram da Resposta do José Biologia
27/11/2017, 11:40
Resposta: #7
RE: - "Uso perneira... Mas como protejo meus braços?!"
Como o @Noinha explicou e reafirmando, " É MELHOR PREVENIR DO QUE REMEDIAR".
Prestar atenção onde se anda, onde senta, onde põe a mão, onde deita é a melhor maneira de evitar ser mordido por alguma espécie venenosa ou não.

______________________________________________________

Vitalicia Natureza, Vitalicia Vida .
Encontrar todas as respostas deste usuário
Gostar da resposta Citar esta mensagem em uma resposta
[+] 3 Membros Gostaram da Resposta do RafaelgBotelho
04/12/2017, 15:29 (Resposta editada pela última vez em: 05/12/2017 11:14 por Airton.)
Resposta: #8
RE: - "Uso perneira... Mas como protejo meus braços?!"
(25/11/2017 01:07)José Biologia Escreveu:  - Uma boa parte do pessoal se protege de eventuais riscos...
Cobrimos os pés, as pernas, ponhamos luvas,... Porém, como protegemos os braços?! Será então, que o tecido de um casaco grosso irá impedir?!
O que fazer p/ evitar prováveis ataques nos braços, por exemplo? Há algum equipamento específico de proteção testado e aprovado no mercado?

Salve @José Biologia; mestre @Noinha e demais membros,
"Leigamente" falando e questionando: no quesito proteção de membros superiores, os equipamentos utilizados pelos motociclistas tanto em competições como em outros eventos (cross,etc), seriam úteis na proteção contra as serpentes?
Obrigado pelas considerações.
Abrço


"Tudo que ocorrer com a terra, ocorrerá aos filhos da terra" - Cacique Seatle,em 1855.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Gostar da resposta Citar esta mensagem em uma resposta
[+] 1 Membro Gostou da Resposta do Airton
04/12/2017, 18:51
Resposta: #9
RE: - "Uso perneira... Mas como protejo meus braços?!"
Salve @[José Biologia] e mestre @Noinha
"Leigamente" falando e questionando: no quesito proteção de membros superiores, os equipamentos utilizados pelos motociclistas tanto em competições como em outros eventos (cross,etc), seriam úteis na proteção contra as serpentes?
Obrigado pelas considerações.
Abrço
[/quote]
*********************

- "Olá, amigo...
Valeu, pelo questionamento e interesse no assunto...
Creio que 'deveríamos' ( no caso, somente pessoas habilitadas à tais situações) fazer testes p/ sabermos se protege bem ou não...
Acho eu, que dá uma margem de segurança (melhor ter um equipamento mordido e conseguir sair de perto, do quê ser literalmente pego)...
Claro...
Vai ser um peso extra, um provável incômodo, vai ter que comprar e gastar um pouco mais, etc.
Por isso, vai de cada cá/ um...
Dependendo da região, não precisaria tanto...
Eu penso em comprar protetores p/ os braços e talvez pôr uma camada de couro maleável...
'Só' penso...
Já falei com algumas pessoas que confeccionam coletes p/ motociclistas e tudo mais, e estou vendo os prós e contras desses objetos...
Como falei...
Não é que seja essencial, indispensável...
Vai do ambiente em que costuma/ deseja adentrar, da fauna e até da flora local, do tempo que irá passar e o que vai fazer nesse canto...
Vou unir ambas as necessidades, porquê também 'mexo' com cães e gatos...
E isso pode me afastar de alguns acidentes de trabalho...
No mais... Agradeço, novamente"...
Encontrar todas as respostas deste usuário
Gostar da resposta Citar esta mensagem em uma resposta
[+] 1 Membro Gostou da Resposta do José Biologia
Responder 


Tópicos Similares
Tópico: Autor Respostas: Visualizações: Última Resposta
  Perneira - animais peçonhentos coldshadowbr 205 98.566 17/03/2017 09:50
Última Resposta: Collorio
  Como secar suas botas molhadas Toscano 11 1.169 06/11/2016 13:59
Última Resposta: Reynhard
  Formigas - como se prevenir? João_C 73 27.895 26/02/2014 19:24
Última Resposta: Roberto
  Catástrofes, como agir? vi1fusca 1 888 17/01/2014 15:45
Última Resposta: VM3

Ir ao Fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitantes