Você não está Logado ou Registrado no Fórum. Por favor, faça o Login ou o Registro .
Links Úteis
Você não está Logado ou Registrado no Fórum. Por favor, faça o Login ou o Registro .




Responder 
 
Avaliação do Tópico:
  • 2 Votos - 5 Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Plano de Defesa do Acampamento
10/09/2015, 12:19
Resposta: #1
Plano de Defesa do Acampamento
Em relação a segurança sua, e do local do acampamento, o que vocês tem costume de fazer?

1- Em relação à animais selvagens e peçonhentos.

2- Em relação a aracnídeos e insetos.

3- Em relação a terceiros e outrem. No caso de tentativa de invasão ao seu acampamento com objetivos diversos.

Vocês tem algum "PDA"? Plano de Defesa? Costumam confeccionar alarmes?

A segurança sempre em primeiro lugar, pessoas.

Abraços!

Aqui eu fiz amigos. Aqui eu encontrei a paz. Ninguém é tão sábio que não possa aprender. Ninguém é tão ignorante que não possa ensinar. CWB-Paraná. SELVA! Deus acima de tudo.
Visitar o website do usuário Encontrar todas as respostas deste usuário
Gostar da resposta Citar esta mensagem em uma resposta
[+] 21 Membros Gostaram da Resposta do Kevin S.
10/09/2015, 23:35
Resposta: #2
RE: Plano de Defesa do Acampamento
(10/09/2015 12:19)Kevin S. Escreveu:  Em relação a segurança sua, e do local do acampamento, o que vocês tem costume de fazer?

1- Em relação à animais selvagens e peçonhentos.

2- Em relação a aracnídeos e insetos.

3- Em relação a terceiros e outrem. No caso de tentativa de invasão ao seu acampamento com objetivos diversos.

Vocês tem algum "PDA"? Plano de Defesa? Costumam confeccionar alarmes?

A segurança sempre em primeiro lugar, pessoas.

Abraços!


@Kevin S. belíssimo tema esse, vamos lá:

1. Animais peçonhentos, insetos entre outros é muito difícil ter 100% de proteção, mesmo seguindo todas as recomendações.
Costumo seguir as regras básicas, deixar o equipamento no alto, dormir longe do solo, olhar o calçado antes de vestir, se for dormir em barraca mante-la fechada entre outros cuidados.
Mas num acampamento que fui esse ano, ao chegar em casa, por precaução, já supondo o risco, tirei todo equipamento da mochila na garagem e para minha surpresa no fundo dela haviam duas aranhas, não sei se venenosa, mas bem grande.

Com relação a predadores o maior cuidado é ficar fora da trilha deles, longe dos seus abrigos e longe de fontes de água, nunca tive problema direto com nenhum animal.

2. Segurança contra marginais a primeira regra, para mim, é nunca estar desarmado, sem qualquer forma de defesa.
O que vejo de segurança também, é quanto mais difícil o acesso, mais isolado, sua segurança tende à ser um pouco maior.

Via de regra o ideal é ter um turno de vigilante para enquanto o grupo dorme 1 ou 2 fazem a guarda.

No passado usei muito o chamado "pega bobo" que eram sinalizadores sonoros que se alguém adentrasse o perímetro, humano ou animal, dispararia um alerta, mas hoje, faz tempo que não uso nada similar.

Vamos acompanhar e discutir mais esse tema, que é sempre muito interessante.

Lucio Travassos
=============
Si vis pacem, para bellum
Encontrar todas as respostas deste usuário
Gostar da resposta Citar esta mensagem em uma resposta
[+] 21 Membros Gostaram da Resposta do Luciotravassos
11/09/2015, 00:01
Resposta: #3
RE: Plano de Defesa do Acampamento
Ter um cão no acampamento é sempre de grande ajuda, infelizmente nem sempre é possível .
Dependendo do local, eu costumo instalar alguns alarmes.

Quem muito fala não pensa ! Quem pensa não fala, se comunica.
Visitar o website do usuário Encontrar todas as respostas deste usuário
Gostar da resposta Citar esta mensagem em uma resposta
[+] 12 Membros Gostaram da Resposta do Colognese
11/09/2015, 14:05
Resposta: #4
RE: Plano de Defesa do Acampamento
Vejamos:

Via de regra no mato o ecossistema tá ligado dia e noite, cobras aranhas formigas e os insetos sugadores de sangue que podem ser portadores de alguma patologia. Vão estar ao nosso redor, e devemos contar ainda os domésticos como cães, gatos e mesmo os equinos e bovinos dependendo do local.

Acho que uma fogueira acesa durante a noite tem efeito em manter longe animais selvagens até mesmo as cobras, dormir em local alto seja rede ou abrigo improvisado é importante e no solo uma barraca bem resistente e fechada assim como todas as mochilas ou sacos. Alimentos sempre bem fechados e restos de alimentos ou que sejam queimados ou enterrados longe do acampamento, e no caso de se acampar e local de transito de vacas e cavalos o ideal é providenciar um alarme ou uma cerca mesmo simples pra evitar um eventual acidente!! Quanto aos pernilongos um repelente ajuda mas dormir em local bem fechado é melhor!!

Já ao elemento humano, quando se vai pro mato melhor em grupo e não se alardear o local onde se vai acampar nem as datas para desconhecidos!! Fazer o uso de um cão é importante. Pois mesmo de longe eles percebem principalmente o perigo de amimais de grande porte sejam quadrúpedes ou bípedes!! A fogueira deve ser feita de modo a não ser vista de muito longe e durante o dia que ela não emane muita fumaça!!

Ouça o silencio da floresta!!!
Encontrar todas as respostas deste usuário
Gostar da resposta Citar esta mensagem em uma resposta
[+] 13 Membros Gostaram da Resposta do matulle
11/09/2015, 14:21
Resposta: #5
RE: Plano de Defesa do Acampamento
show de tópico @Kevin S.
@Luciotravassos aconteceu comigo também Lúcio, aracnídeos vieram
junto na mochila e por descuido não fiz isto que você disse em deixar
a mochila na garagem e trouxe para dentro de casa, sorte que avistei a criatura
e a matei....

abraços

(10/09/2015 23:35)Luciotravassos Escreveu:  
(10/09/2015 12:19)Kevin S. Escreveu:  Em relação a segurança sua, e do local do acampamento, o que vocês tem costume de fazer?

1- Em relação à animais selvagens e peçonhentos.

2- Em relação a aracnídeos e insetos.

3- Em relação a terceiros e outrem. No caso de tentativa de invasão ao seu acampamento com objetivos diversos.

Vocês tem algum "PDA"? Plano de Defesa? Costumam confeccionar alarmes?

A segurança sempre em primeiro lugar, pessoas.

Abraços!


@Kevin S. belíssimo tema esse, vamos lá:

1. Animais peçonhentos, insetos entre outros é muito difícil ter 100% de proteção, mesmo seguindo todas as recomendações.
Costumo seguir as regras básicas, deixar o equipamento no alto, dormir longe do solo, olhar o calçado antes de vestir, se for dormir em barraca mante-la fechada entre outros cuidados.
Mas num acampamento que fui esse ano, ao chegar em casa, por precaução, já supondo o risco, tirei todo equipamento da mochila na garagem e para minha surpresa no fundo dela haviam duas aranhas, não sei se venenosa, mas bem grande.

Com relação a predadores o maior cuidado é ficar fora da trilha deles, longe dos seus abrigos e longe de fontes de água, nunca tive problema direto com nenhum animal.

2. Segurança contra marginais a primeira regra, para mim, é nunca estar desarmado, sem qualquer forma de defesa.
O que vejo de segurança também, é quanto mais difícil o acesso, mais isolado, sua segurança tende à ser um pouco maior.

Via de regra o ideal é ter um turno de vigilante para enquanto o grupo dorme 1 ou 2 fazem a guarda.

No passado usei muito o chamado "pega bobo" que eram sinalizadores sonoros que se alguém adentrasse o perímetro, humano ou animal, dispararia um alerta, mas hoje, faz tempo que não uso nada similar.

Vamos acompanhar e discutir mais esse tema, que é sempre muito interessante.

Andersen
Encontrar todas as respostas deste usuário
Gostar da resposta Citar esta mensagem em uma resposta
[+] 9 Membros Gostaram da Resposta do andertribo
11/09/2015, 16:29
Resposta: #6
RE: Plano de Defesa do Acampamento
Em geral, minha região não tem uma fauna muito rica, principalmente nos lugares onde eu faço meu acampamentos. Mas algumas cobras, aranhas, formigas, sempre aparece.
Minha primeira defesa é a limpeza do local. Antes de armar meu acampamento deixo o local bem limpo, livre de galhadas, muitas gramas, mato alto. Em seguida, a fogueira, depois meu abrigo, que na maioria das vezes é uma rede com lona.
Formigas são chatas as vezes, então utilizo uma fita adesiva e enrolo com a parte colante virada para fora nos lugares que não quero que as formigas tenham acesso. Por exemplo: na corda da rede, nos pés de uma mesa de campo, nos pés do tripé.
Em geral o que eu faço é só isso. Dependendo do lugar eu levo aquelas fitas preta e amarela, utilizada pela policia para isolar áreas e passo no contorno do acampamento e de noite penduro sinos tipo guizo.

"Árvore bonita, flor bonita. Raiz mais importante"
Shunji Nishimura
Encontrar todas as respostas deste usuário
Gostar da resposta Citar esta mensagem em uma resposta
[+] 10 Membros Gostaram da Resposta do Rodolpho Menegueti Teixeira
13/09/2015, 09:21
Resposta: #7
RE: Plano de Defesa do Acampamento
(10/09/2015 12:19)Kevin S. Escreveu:  Em relação a segurança sua, e do local do acampamento, o que vocês tem costume de fazer?

1- Em relação à animais selvagens e peçonhentos.

2- Em relação a aracnídeos e insetos.

3- Em relação a terceiros e outrem. No caso de tentativa de invasão ao seu acampamento com objetivos diversos.

Vocês tem algum "PDA"? Plano de Defesa? Costumam confeccionar alarmes?

A segurança sempre em primeiro lugar, pessoas.

Abraços!

Muito legal esse tópico Kevin!!!
Nunca fiz um plano de defesa, pois sempre acampei em locais particulares, teoricamente sem perigo.
Nesse sentido, é muito comum voltar para casa com 1 ou 2 carrapatos irritantes grudados no corpo.
Abraços.

Bushcraft e Sobrevivência - praticar de forma sustentável e ecológicamente correta!
Visitar o website do usuário Encontrar todas as respostas deste usuário
Gostar da resposta Citar esta mensagem em uma resposta
[+] 7 Membros Gostaram da Resposta do teblasi
14/09/2015, 18:55 (Resposta editada pela última vez em: 14/09/2015 18:58 por Tiago.)
Resposta: #8
RE: Plano de Defesa do Acampamento
Tema importante.

Eu sigo ‘’regras’’ básicas comuns na família quando em incursões.

Pra animais peçonhentos é o básico que todos conhecem com a adição de um bom cajado e se tiver uma forquilha bem baixa no pé melhor para caso de serpentes.

Sempre reviso todo o equipamento, nunca saio enfiando a mão em nada sem antes verificar primeiro com o cajado, depois olhando se for a anoite com lanterna etc e tal.

Pra invasões depende se em incursões onde não possa independente dos motivos estar com meus cães, faço armadilhas sonoras usando sinos os mesmos que uso nos falcões e nos cães, contudo com sons distintos e fáceis de diferenciar e se em grupo um revezamento de sentinelas.

Mas quando posso estar com os cães, fico ‘’mais tranquilo’’, cães são excelentes sentinelas, nos alertam da aproximação de ameaças humanas ou não, muito antes que nós possamos perceber.

Até agora tem dado certo.

No caso de humanos ao ouvir os latidos, a tendência em tese é evitar e no caso de animais tenho observado que também.

Um bônus é que meus cães não são do tipo que saem em disparada em cima da potencial ameaça, eles me alertam e ficam perto, são de pequeno porte e contrariando a ‘’regra’’ sabem exatamente o tamanho que tem e suas limitações, a quem faça chacotas, mas eu prefiro assim, salvo exceções( cobras) sempre volto com todos e seguro.

No mato não gosto de cães maiores porque naturalmente a visão de 3 cães assusta e uma situação de um encontro ocasional que normalmente com os pequenos é relativamente tranquilo com cães grandes poderia desencadear um tiroteio, se cães vem em minha direção pra me pegar eu vou me defender e a maioria das pessoas também estando armados já viu.

O caso de ataque de animais selvagens já complica, mas como ‘’regras’’ básica não acampe próximo de fontes de água, bebedouros, trilhas usadas por animais, próximo de grotas entre outros.

E nunca estar desarmado, estando armado dependendo do caso as chances são pequenas imagina desarmado.

outra medida é procurar não parecer uma ameaça e ou ter ou estar com recursos visados a mostra, na pratica parecer menos, menor, inofensivo, parece um contra senso mas evitar um confronto é a melhor forma de defesa.

Seria isso, seguir regras básicas e meus nanicos que além de ferramentas de trabalho, ainda de bônus servem de sentinelas.

" O lobo é a força da alcatéia e a alcatéia é a força do lobo".
Rudyard Kipling .
Encontrar todas as respostas deste usuário
Gostar da resposta Citar esta mensagem em uma resposta
[+] 15 Membros Gostaram da Resposta do Tiago
14/09/2015, 19:45
Resposta: #9
RE: Plano de Defesa do Acampamento
Eu costumava armar um acampamento isca, lona amarela, fogueira com muita fumaça, em posição fácil de ser vista do acampamento de verdade, este o mais amoitado possível.

E vós guerreiros, por acaso sois combatentes pela virtude e soldados da fé? A volta de Cristo - M. Roso De Luna
Encontrar todas as respostas deste usuário
Gostar da resposta Citar esta mensagem em uma resposta
[+] 8 Membros Gostaram da Resposta do Milton Correia Aguiar
14/09/2015, 23:40
Resposta: #10
RE: Plano de Defesa do Acampamento
(10/09/2015 12:19)Kevin S. Escreveu:  Em relação a segurança sua, e do local do acampamento, o que vocês tem costume de fazer?

1- Em relação à animais selvagens e peçonhentos.

2- Em relação a aracnídeos e insetos.

3- Em relação a terceiros e outrem. No caso de tentativa de invasão ao seu acampamento com objetivos diversos.

Vocês tem algum "PDA"? Plano de Defesa? Costumam confeccionar alarmes?

A segurança sempre em primeiro lugar, pessoas.

Abraços!
Muito bom este tópico. meu problema e serio eu ronco mais que moto
sem escapamento. ai levo sempre cão quando vou sozinho.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Gostar da resposta Citar esta mensagem em uma resposta
[+] 5 Membros Gostaram da Resposta do SEVERINO ESDRAS
22/09/2015, 09:09
Resposta: #11
RE: Plano de Defesa do Acampamento
(14/09/2015 19:45)Milton Correia Aguiar Escreveu:  Eu costumava armar um acampamento isca, lona amarela, fogueira com muita fumaça, em posição fácil de ser vista do acampamento de verdade, este o mais amoitado possível.

Muito inteligente e criativa essa estratégia!!!

Bushcraft e Sobrevivência - praticar de forma sustentável e ecológicamente correta!
Visitar o website do usuário Encontrar todas as respostas deste usuário
Gostar da resposta Citar esta mensagem em uma resposta
[+] 4 Membros Gostaram da Resposta do teblasi
22/09/2015, 16:06
Resposta: #12
RE: Plano de Defesa do Acampamento
Eu já fiz alguns cacarecos eletrônicos para serem instalados no perímetro da minha área de mata atlântica. Mas nunca utilizei-os.
Basicamente são aqueles alarmes de porta compactos e custam barato.

http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-6...em-fio-_JM

A técnica é armar uns 3, com linha de pesca em zig-zag nas árvores, pelos pontos de fácil acesso ao acampamento.
Mas no final, vai prevalecer o chumbo.
Tanto para quadrúpedes...como bípedes.

É melhor estar preparado para uma oportunidade e não ter nenhuma, do que ter uma oportunidade e não estar preparado.
Mundus plenus idiotarum est.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Gostar da resposta Citar esta mensagem em uma resposta
[+] 8 Membros Gostaram da Resposta do Noinha
04/12/2015, 20:36
Resposta: #13
RE: Plano de Defesa do Acampamento
Eu só acampo sozinho,sempre tenho comigo uma lanterna que da um choque de 8.000.000 de volts, um spray de pimenta isto para defesa pessoal, quando acordo com algum. Barulho solto umas bombas muito forte para espantar macacos e animais que se aproxime do acampamento tenho uma boa faca de defesa e sempre.
Usei um podão grande que coloco no meu cajado assim que entro no mato.
Uso tambem uns guizo instalados em linha de pesca em volta da area de acampamento
Nunca. Tive problemas alguns
Acampo só ha varios anos sem nenhum problema.
Faço isso desde os meus 18 anos e gracas a Deus tem dado certo, pois já tenho 69 anos e acampo no minimo uma vez por mes
Encontrar todas as respostas deste usuário
Gostar da resposta Citar esta mensagem em uma resposta
[+] 10 Membros Gostaram da Resposta do JOAO BAPTISTA DA SILVA
04/12/2015, 22:06
Resposta: #14
RE: Plano de Defesa do Acampamento
Eu já passei por alguns apuros feios nos acampamentos e em minhas caminhadas, quando eu morava no ABC paulista eu costumava descer a serra e ir acampar próximo das saídas de emergência da Imigrantes pois há vistas maravilhosas e em um trecho há um local praticamente abandonado, na volta de meu acampamento passei por um trecho sem iluminação alguma, era final de tarde e ainda havia pouca iluminação natural, quando do nada saiu um grupo com pedaços de madeira correndo atrás de mim do mato, eu me embrenhei no meio da floresta de eucalipto e subi em um morro e eles pararam de me seguir, lá de cima eu consegui ver uma fogueira e gritos de alguém com dor, possivelmente estavam torturando alguém pois o local não há segurança e é abandonado mas quando eu estava bem longe dali no carro liguei para o 190 e informei o local, o que ocorreu depois não faço ideia isso foi em 2012)...

Outro apuro que passei foi quando fui acampar em Paranapiacaba também no ABC que era 'próximo' da minha casa próximo a linha abandonada dos antigos trens, eu conheço aquele lugar muito bem de ponta a ponta pois já andei em toda aquela floresta da região mas fiquei um bom tempo sem ir para lá e quando voltei decidi me instalar próximo a cachoeira, tudo certo no primeiro dia de acampamento, tudo certo no segundo e quando amanheceu o terceiro dia eu fui preparar o café e eu senti alguma coisa estranha dentro de mim como se tivesse alguém observando, eu apaguei a fogueira e fiquei em silêncio, peguei meu facão e fui dar uma volta pra averiguar, quando na volta me deparo com um nóia roubando minha mochila, eu corri pra pegar ele mas ele puxou uma chave de fenda e deferiu um golpe no meu ombro que passou de raspão mas feriu e fez com que eu desequilibrasse, na hora que eu caí ele veio pra cima eu levantei o facão e dei uma certeira no braço dele na altura do ombro que abriu o braço dele na metade e começou a jorrar bastante sangue, ele largou a minha mochila e saiu correndo pro mato, peguei minha mochila guardei minhas coisas e rapei fora pra área dos restaurantes caseiros pois eu conheço o pessoal lá, perguntei se eles sabiam de alguma coisa ou tinham visto pessoas estranhas recentemente mas não viram nada (como sempre) pois ninguém quer colocar o deles na reta. hehehe Nunca mais voltei em Paranapiacaba desde então e me mudei do ABC paulista pois estava muito perigoso para aquelas bandas.

Outro ''Quase apuro'' foi quando me deparei com 5 queixadas numa trilha mas por sorte eles seguiram reto, foi o dia que mais fiquei com o c* na mão literalmente mais que os outros 'apuros'.

Enfim, agora sempre falo para alguém próximo aonde vou acampar, sempre vou acompanhado, carrego celular com bateria extra, vou com facas e sempre pego pedras grandes pra deixar próximo para tacar se preciso, sou muito mais cauteloso que antes quando era um ''aventureiro descuidado''.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Gostar da resposta Citar esta mensagem em uma resposta
[+] 10 Membros Gostaram da Resposta do Brenner
05/12/2015, 02:26
Resposta: #15
RE: Plano de Defesa do Acampamento
(04/12/2015 20:36)JOAO BAPTISTA DA SILVA Escreveu:  Eu só acampo sozinho,sempre tenho comigo uma lanterna que da um choque de 8.000.000 de volts, um spray de pimenta isto para defesa pessoal, quando acordo com algum. Barulho solto umas bombas muito forte para espantar macacos e animais que se aproxime do acampamento tenho uma boa faca de defesa e sempre.
Usei um podão grande que coloco no meu cajado assim que entro no mato.
Uso tambem uns guizo instalados em linha de pesca em volta da area de acampamento
Nunca. Tive problemas alguns
Acampo só ha varios anos sem nenhum problema.
Faço isso desde os meus 18 anos e gracas a Deus tem dado certo, pois já tenho 69 anos e acampo no minimo uma vez por mes

(04/12/2015 22:06)Brenner Escreveu:  Eu já passei por alguns apuros feios nos acampamentos e em minhas caminhadas, quando eu morava no ABC paulista eu costumava descer a serra e ir acampar próximo das saídas de emergência da Imigrantes pois há vistas maravilhosas e em um trecho há um local praticamente abandonado, na volta de meu acampamento passei por um trecho sem iluminação alguma, era final de tarde e ainda havia pouca iluminação natural, quando do nada saiu um grupo com pedaços de madeira correndo atrás de mim do mato, eu me embrenhei no meio da floresta de eucalipto e subi em um morro e eles pararam de me seguir, lá de cima eu consegui ver uma fogueira e gritos de alguém com dor, possivelmente estavam torturando alguém pois o local não há segurança e é abandonado mas quando eu estava bem longe dali no carro liguei para o 190 e informei o local, o que ocorreu depois não faço ideia isso foi em 2012)...

Outro apuro que passei foi quando fui acampar em Paranapiacaba também no ABC que era 'próximo' da minha casa próximo a linha abandonada dos antigos trens, eu conheço aquele lugar muito bem de ponta a ponta pois já andei em toda aquela floresta da região mas fiquei um bom tempo sem ir para lá e quando voltei decidi me instalar próximo a cachoeira, tudo certo no primeiro dia de acampamento, tudo certo no segundo e quando amanheceu o terceiro dia eu fui preparar o café e eu senti alguma coisa estranha dentro de mim como se tivesse alguém observando, eu apaguei a fogueira e fiquei em silêncio, peguei meu facão e fui dar uma volta pra averiguar, quando na volta me deparo com um nóia roubando minha mochila, eu corri pra pegar ele mas ele puxou uma chave de fenda e deferiu um golpe no meu ombro que passou de raspão mas feriu e fez com que eu desequilibrasse, na hora que eu caí ele veio pra cima eu levantei o facão e dei uma certeira no braço dele na altura do ombro que abriu o braço dele na metade e começou a jorrar bastante sangue, ele largou a minha mochila e saiu correndo pro mato, peguei minha mochila guardei minhas coisas e rapei fora pra área dos restaurantes caseiros pois eu conheço o pessoal lá, perguntei se eles sabiam de alguma coisa ou tinham visto pessoas estranhas recentemente mas não viram nada (como sempre) pois ninguém quer colocar o deles na reta. hehehe Nunca mais voltei em Paranapiacaba desde então e me mudei do ABC paulista pois estava muito perigoso para aquelas bandas.

Outro ''Quase apuro'' foi quando me deparei com 5 queixadas numa trilha mas por sorte eles seguiram reto, foi o dia que mais fiquei com o c* na mão literalmente mais que os outros 'apuros'.

Enfim, agora sempre falo para alguém próximo aonde vou acampar, sempre vou acompanhado, carrego celular com bateria extra, vou com facas e sempre pego pedras grandes pra deixar próximo para tacar se preciso, sou muito mais cauteloso que antes quando era um ''aventureiro descuidado''.


Se eu pudesse recomendar diria para não ir sozinho, não acampar em passagens, próximos de trilhas e rios e, ter sempre um equipamento eficiente de defesa.

Do jeito que o cenário está, não estamos seguros nem em casa, podemos classificar apenas de maior risco e menor risco, maior incidência e menor incidência.

Pessoalmente nem abro a porta para o carteiro sem estar previamente preparado.

No meu caso confesso que há um exagero, mas não penso em baixar a guarda não pelo contrário, sempre alerta e ostensivo.

Lucio Travassos
=============
Si vis pacem, para bellum
Encontrar todas as respostas deste usuário
Gostar da resposta Citar esta mensagem em uma resposta
[+] 7 Membros Gostaram da Resposta do Luciotravassos
05/12/2015, 07:17 (Resposta editada pela última vez em: 05/12/2015 15:55 por gribel.)
Resposta: #16
RE: Plano de Defesa do Acampamento
Pois é...os dias são outros.
Tenho índole pacífica, mas sou muito precavido.
E gosto de ir sozinho...fato. Até pq é difícil arrumar companhia pra mato fechado.
Acho que o ideal possível ( já que não posso portar uma arma de fogo ) seria:

1_ Mineirice e sebo nas canelas. Antes hobbit que troll.

2_ Nylon de pesca perimetral e guizos ( latas são um trambolho ) nas 4 direções, mas isso a poucos metros, se não, não ouço. ( ah...tb ronco alto pra caramba ).

3- Spray de pimenta ( ainda não tenho pelo custo...mas está na lista ).

4- Lâminas pessoais: As de porte comum - Aqui um adendo ao meu dilema: Ou estou com uma Rodan, ou com a BK16, que de tático não tem nada... a minha"Falknivem" do PLopes fica mais em casa, pelo peso e pela minha incompetência de afiação. Me sobra uma Mora...rs...que é a que pego, qdo a nuca "arrupeia". Facão corta...e mesmo sendo customizada por ponta, não tem eficiência, acho. Uma machadinha a meu ver é mais eficiente. Sou esgrimista e entendo que facão, pra vivente de 2 pernas mal intencionado não presta. Eu acho que um bastão zagaia de médio tamanho é a melhor arma de defesa possível. Curta...pra esperar agachado mesmo. Ando pensando em trocar minha faca de cintura por uma foice pequena, cortada à zagaia. Mas só penso..

5_ As bombas "cabeça de nego" são uma coisa eficiente mesmo....pra qqr vivente. Umas 10 não deixam ninguém de pé...e dá tempo de picar no trecho, que sair correndo de rede com mosquiteiro ou barraca, descalço....é uma outra história. Bacana ter sempre uma mochilinha fuga...ou pra quem gosta ( eu não uso ), o kit de sobrevivência à mão. Eu não uso Kit....uso uma mochila dentro da outra. Se precisar sair correndo, sei que o que é importante, tá na pequena....inclusive, os equipamentos que ficam iriam atrasar hipotéticos perseguidores.

6_ Atiradeiras com esferas: Se vc dá de cara com um sujeito parado com uma atiradeira esticada na sua cara, vc trava. Vc tem certeza que ele vai atirar. E que o estrago é grande. O que talvez seu subconsciente duvide um pouquinho, caso seja uma arma de fogo. Isso é sério. Já li umas coisas sobre isso. Quem tem e curte...E SABE USAR arcos ou balestras...é uma opção fod@*.

7_ Se eu tivesse um cão ( adoro aquele australiano rústico, casca grossa e silencioso, o boiadeiro ou pastor australiano ), o levaria sempre comigo. Queria ter um.

8_ A nível de defesa tático-nuclear: Som do Calypso no volume máximo. Mas tem que ver antes com os ambientalistas o estrago que isso causaria no ecossistema.

"Cai no mato, Corisco, que lá envém a volante! Escuita só..."
Encontrar todas as respostas deste usuário
Gostar da resposta Citar esta mensagem em uma resposta
[+] 12 Membros Gostaram da Resposta do gribel
05/12/2015, 12:48
Resposta: #17
RE: Plano de Defesa do Acampamento
(05/12/2015 07:17)gribel Escreveu:  Pois é...os dias são outros.
Tenho índole pacífica, mas sou muito precavido.
E gosto de ir sozinho...fato. Até pq é difícil arrumar companhia pra mato fechado.
Acho que o ideal possível ( já que não posso portar uma arma de fogo ) seria:

1_ Mineirice e sebo nas canelas. Antes hobbit que troll.

2_ Nylon de pesca perimetral e guizos ( latas são um trambolho ) nas 4 direções, mas isso a poucos metros, se não, não ouço. ( ah...tb ronco alto pra caramba ).

3- Spray de pimenta ( ainda não tenho pelo custo...mas está na lista ).

4- Lâminas pessoais: As de porte comum - Aqui um adendo ao meu dilema: Ou estou com uma Rodan, ou com a BK16, que de tático não tem nada... a minha"Falknivem" do PLopes fica mais em casa, pelo peso e pela minha incompetência de afiação. Me sobra uma Mora...rs...que é a que pego, qdo a nuca "arrupeia". Facão corta...e mesmo sendo customizada por ponta, não tem eficiência, acho. Uma machadinha a meu ver é mais eficiente. Sou esgrimista e entendo que "aquilo", pra vivente de 2 pernas mal intencionado não presta. Eu acho que um bastão zagaia de médio tamanho é a melhor arma de defesa possível. Curta...pra esperar agachado mesmo. Ando pensando em trocar minha faca de cintura por uma foice pequena, cortada à zagaia. Mas só penso..

5_ As bombas "cabeça de nego" são uma coisa eficiente mesmo....pra qqr vivente. Umas 10 não deixam ninguém de pé...e dá tempo de picar no trecho, que sair correndo de rede com mosquiteiro ou barraca, descalço....é uma outra história. Bacana ter sempre uma mochilinha fuga...ou pra quem gosta ( eu não uso ), o kit de sobrevivência à mão. Eu não uso Kit....uso uma mochila dentro da outra. Se precisar sair correndo, sei que o que é importante, tá na pequena....inclusive, os equipamentos que ficam iriam atrasar hipotéticos perseguidores.

6_ Atiradeiras com esferas: Se vc dá de cara com um sujeito parado com uma atiradeira esticada na sua cara, vc trava. Vc tem certeza que ele vai atirar. E que o estrago é grande. O que talvez seu subconsciente duvide um pouquinho, caso seja uma arma de fogo. Isso é sério. Já li umas coisas sobre isso. Quem tem e curte...E SABE USAR arcos ou balestras...é uma opção fod@*.

7_ Se eu tivesse um cão ( adoro aquele australiano rústico, casca grossa e silencioso, o boiadeiro ou pastor australiano ), o levaria sempre comigo. Queria ter um.

8_ A nível de defesa tático-nuclear: Som do Calypso no volume máximo. Mas tem que ver antes com os ambientalistas o estrago que isso causaria no ecossistema.

Gosto muito desses debates, é possível encontrar alternativas inteligentes e possíveis.
Meu racional é bélico, qualquer que seja a arma, sempre tenho alguma coisa.

Hoje minhas companheiras ideias são as carabinas premium pcp de pressão, tão eficazes, na minha opinião, quanto as armas de fogo, porém, sem as regulamentações das armas de fogo. O maior diferencial delas para armas de fogo é o poder de parada do adversário / predador, as carabinas de pressão, mesmo as premium não tem esse poder de cessar um avanço sobre nós, mas certamente garante uma defesa e vantagem preliminar.

Gostei muito da idéia dos guizos, é algo que ajuda muito se colocado à uma distância ideal.

Lucio Travassos
=============
Si vis pacem, para bellum
Encontrar todas as respostas deste usuário
Gostar da resposta Citar esta mensagem em uma resposta
[+] 6 Membros Gostaram da Resposta do Luciotravassos
05/12/2015, 15:35 (Resposta editada pela última vez em: 05/12/2015 15:58 por gribel.)
Resposta: #18
RE: Plano de Defesa do Acampamento
Então....
Eu disse que a índole é pacífica. Mas acho que o raciocínio é bélic....estratégico. Eu tive treinamento militar suplementar ao normal. Enfim...
Não acha uma atiradeira com esferas de aço mais eficaz que uma carabina de pressão? Vc solta 10 bolotas no alvo enquanto arma a carabina...sem falar no espaço necessário.
Talvez uma bestinha fosse mais eficaz. A velox tem uma balestra de armação rápida, muito bacana. Usada pelas tropas de selva, inclusive, me parece que pelo segundo esclarecedor, ou o granadeiro.
Mas ainda acho que picar a mula é mais negócio....rs
Taí: Spray, atiradeira, zagaia e kichute : )

ps: rapaz...esse negócio de lâmina redundante é fod@*. A gente abusa. Tava vendo aquele seriado alone, que seo @Noinha apresentou. Tou trocando tudo por uma potybelly. E uma foicinha zagaiada. Carece de mais não.
Quem sabe o @CR2011VSF não me tira no AO e me dá a dele de presente...rss

"Cai no mato, Corisco, que lá envém a volante! Escuita só..."
Encontrar todas as respostas deste usuário
Gostar da resposta Citar esta mensagem em uma resposta
[+] 4 Membros Gostaram da Resposta do gribel
05/12/2015, 15:45
Resposta: #19
RE: Plano de Defesa do Acampamento
Magina o cabra dar de cara com um porco no meio da trilha.
Acho que ele ia querer ter uma zagaia nas mãos....
É agachar e esperar o tranco.

"Cai no mato, Corisco, que lá envém a volante! Escuita só..."
Encontrar todas as respostas deste usuário
Gostar da resposta Citar esta mensagem em uma resposta
[+] 2 Membros Gostaram da Resposta do gribel
05/12/2015, 23:34
Resposta: #20
RE: Plano de Defesa do Acampamento
(05/12/2015 15:35)gribel Escreveu:  Então....
Eu disse que a índole é pacífica. Mas acho que o raciocínio é bélic....estratégico. Eu tive treinamento militar suplementar ao normal. Enfim...
Não acha uma atiradeira com esferas de aço mais eficaz que uma carabina de pressão? Vc solta 10 bolotas no alvo enquanto arma a carabina...sem falar no espaço necessário.
Talvez uma bestinha fosse mais eficaz. A velox tem uma balestra de armação rápida, muito bacana. Usada pelas tropas de selva, inclusive, me parece que pelo segundo esclarecedor, ou o granadeiro.
Mas ainda acho que picar a mula é mais negócio....rs
Taí: Spray, atiradeira, zagaia e kichute : )

ps: rapaz...esse negócio de lâmina redundante é fod@*. A gente abusa. Tava vendo aquele seriado alone, que seo @Noinha apresentou. Tou trocando tudo por uma potybelly. E uma foicinha zagaiada. Carece de mais não.
Quem sabe o @CR2011VSF não me tira no AO e me dá a dele de presente...rss

@gribel se pensarmos em carabinas mono tiro sim, atiradeira com esfera de aço seria mais eficaz pela velocidade de recarregar.
Fiz alguns testes ano passado e consegui um bom resultado até 15 metros e, para esse resultado conta muito a força, treinamento e habilidade do atirador assim como o desenho do estilingue.

Sobre balestra eu tenho 4 modelos, 1 normal de setas (120 lbs), 1 esferas de aço e dardos (150lbs), 1 de 80 lbs do tipo pistola e a da Velox com 200lbs.
Assim como o arco, esse tipo de equipamento preza pelo silêncio do ataque e eu levo em torno de 10-15 segundos para repor a seta, no arco é bem mais rápido.

Mas as carabins premiun pcp de repetição, na minha opinião só perdem efetivamente para uma boa arma de fogo.
A carabina abaixo é estilo pump, capacidade de 10 tiros, potência média em torno de 295m/s





Fiz um teste com um equipamento desses à 6 metros, atirando num livro, perfurou cerca de 200 páginas, com uma mais potente com cerca de 350m/s à 50 metros perfurou um extintor de incêndio veicular.
São carabinas capazes de derrubar um boi, como mostra alguns videos no YT, vi um canal de um cara que tem um sitio, ele usa para abate de porcos.

Temos aqui no fórum dois tópicos que discutimos amplamente e especificamente sobre carabinas de pressão.

Lucio Travassos
=============
Si vis pacem, para bellum
Encontrar todas as respostas deste usuário
Gostar da resposta Citar esta mensagem em uma resposta
[+] 6 Membros Gostaram da Resposta do Luciotravassos
05/12/2015, 23:51
Resposta: #21
RE: Plano de Defesa do Acampamento
Fantástico! não conhecia essa carabina com pump...nem precisa de cilindro de gás, né?
Vende aqui no Brasil?
ps: C rearma a velox em quantos segundos?

"Cai no mato, Corisco, que lá envém a volante! Escuita só..."
Encontrar todas as respostas deste usuário
Gostar da resposta Citar esta mensagem em uma resposta
[+] 4 Membros Gostaram da Resposta do gribel
06/12/2015, 00:05 (Resposta editada pela última vez em: 06/12/2015 00:17 por gribel.)
Resposta: #22
RE: Plano de Defesa do Acampamento
Mais de 4.000 reais. Mais caro que uma 12 pump. O Brasil está uma vergonha!
Poxa, @Luciotravassos ...pelo peso e pela dependência do cilindro....eu prefiro uma balestra ou arco....ou ainda o trio spray, atiradeira e zagaia curta.
Claro...se vc tem um grupo de 3 pessoas ( o número ideal p mim: 3 DESEMPATAM VOTAÇÕES, dois seguram maca, 3 dividem ferramentas e especialidades, 3 dão os turnos de um posto de guarda, e três dividem a defesa especializada) a coisa muda de figura.
Ainda assim...com 3: Uma com zagaia na frente ...um outro atiradeira e faca tática longa ou tomahawk no meio, o último com arco ou balestra, em formação,frente a um "atacante".
Magina....6 pessoas, 2 esquadras dessas, e assim por diante. Pela regra dos 3, c 3 esquadras, o bandit tá cercado sem dó...rs

"Cai no mato, Corisco, que lá envém a volante! Escuita só..."
Encontrar todas as respostas deste usuário
Gostar da resposta Citar esta mensagem em uma resposta
[+] 4 Membros Gostaram da Resposta do gribel
06/12/2015, 00:14
Resposta: #23
RE: Plano de Defesa do Acampamento
O papo ficou tático, né...rs
Vamo lá....spray, facão e pernas rápidas..rs

"Cai no mato, Corisco, que lá envém a volante! Escuita só..."
Encontrar todas as respostas deste usuário
Gostar da resposta Citar esta mensagem em uma resposta
[+] 4 Membros Gostaram da Resposta do gribel
06/12/2015, 02:19
Resposta: #24
RE: Plano de Defesa do Acampamento
(05/12/2015 23:51)gribel Escreveu:  Fantástico! não conhecia essa carabina com pump...nem precisa de cilindro de gás, né?
Vende aqui no Brasil?
ps: C rearma a velox em quantos segundos?

@gribel essas carabinas usam oxigênio, são vendidas livremente no Brasil.

Eu sempre treino, domingo é dia de tiro esportivo e terça ou quinta feira arqueria; o treino permanente com um objetivo especifico, no meu caso, sobrevivência, permite medir o tempo de ação e reação, bem como aprimorar o seu equipamento para melhorar sua performance.
Hoje, consigo preparar para disparar minhas balestras em um tempo que varia entre 10 e 15 segundos, por tal, evito equipamentos acima de 150 lbs, sendo minhas preferidas as de 120 lbs e 80 lbs, exceto a Velox que tem um mecanismo que melhora a performance mesmo com 200lbs.

Lucio Travassos
=============
Si vis pacem, para bellum
Encontrar todas as respostas deste usuário
Gostar da resposta Citar esta mensagem em uma resposta
[+] 4 Membros Gostaram da Resposta do Luciotravassos
06/12/2015, 02:34
Resposta: #25
RE: Plano de Defesa do Acampamento
(06/12/2015 00:05)gribel Escreveu:  Mais de 4.000 reais. Mais caro que uma 12 pump. O Brasil está uma vergonha!
Poxa, @Luciotravassos ...pelo peso e pela dependência do cilindro....eu prefiro uma balestra ou arco....ou ainda o trio spray, atiradeira e zagaia curta.
Claro...se vc tem um grupo de 3 pessoas ( o número ideal p mim: 3 DESEMPATAM VOTAÇÕES, dois seguram maca, 3 dividem ferramentas e especialidades, 3 dão os turnos de um posto de guarda, e três dividem a defesa especializada) a coisa muda de figura.
Ainda assim...com 3: Uma com zagaia na frente ...um outro atiradeira e faca tática longa ou tomahawk no meio, o último com arco ou balestra, em formação,frente a um "atacante".
Magina....6 pessoas, 2 esquadras dessas, e assim por diante. Pela regra dos 3, c 3 esquadras, o bandit tá cercado sem dó...rs


Esse sem dúvida é o ponto fraco desse tipo de equipamento, mas uma como essa do vídeo, com uma única recarga permite até 40 disparos, carabinas mais elaboradas como a Sumatra, permitem até 100 tiros com apenas uma recarga, ou seja, se vamos para um acampamento, pensando em dar mais do que 10 tiros, estaremos pensando em ir para uma guerra ai é melhor ficar em casa.
Via de regra você pode ter o cilindro em casa, mas tem bombas manuais que pesam cerca de 1.8 Kg e podem ser levadas junto com o equipamento, permitindo no campo, recarregar o cilindro sempre que necessário.

A questão do preço é ligada diretamente a demanda de mercado, armas de fogo são complicadas para aquisição para a maioria da população, se colocar um preço muito alto ai que não vende mesmo, já essas carabinas de PCP, tem venda livre e em muitos aspectos fazem o papel substitutivo das armas de fogo.

A AT44-PA é uma carabina curta, pode ser anexada no equipamento com relativa tranquilidade, tem uma precisão incrível.

Se você vai num grupo, poderiam levar balestras, uma carabina mono tiro e uma pcp voltada para defesa.

Sou suspeito para falar dessas carabinas, pois não estaria isento de paixão por elas e pelo tiro esportivo, mas tirando esse fator de lado, olhando apenas o nível técnico, como potência e precisão são excelentes equipamentos.

No início do ano, com uma Sumatra, de 5.5 mm a 50 metros perfurei um extintor de incêndio, um atirador com uma CBC .22 apenas arranhou o mesmo extintor.
Esse é um comparativo para ser feito com isenção, baseado apenas em testes.
Até onde testei, sempre fui surpreendido positivamente; fiz um teste num pneu velho, transfixou com extrema facilidade e por ai vai.

[video=yahoo]https://www.youtube.com/watch?v=_N61HtlWbVM[/video]

Isso que não te falei das automáticas de chumbo, apenas ressalto, que embora o vídeo não consiga transmitir a realidade, essas carabinas produzem em torno de 90 decibéis de som, ou seja, produzem um som muito alto.




Lucio Travassos
=============
Si vis pacem, para bellum
Encontrar todas as respostas deste usuário
Gostar da resposta Citar esta mensagem em uma resposta
[+] 3 Membros Gostaram da Resposta do Luciotravassos
06/12/2015, 02:44
Resposta: #26
RE: Plano de Defesa do Acampamento
(06/12/2015 00:14)gribel Escreveu:  O papo ficou tático, né...rs
Vamo lá....spray, facão e pernas rápidas..rs


Segurança sempre levará para esse caminho, armas, artes marciais e tecnologia, não tem como fugir disso.

Eu fui criado no meio de armas, meu pai era militar, desde os 6 anos era acostumado quando ele chegava do quartel a limpar a sua arma, na época ele usava uma pistola e um taurus, com o passar do tempo, ele me ensinou e remover a munição para fazer a limpeza; alguns anos ganhei minha primeira rossi 4.5mm e, a noite no quintal de casa, ele sempre vinha checar se ela estava comigo e se estava municiada para uso em caso de necessidade.
Dos meus 7 até meus 11 anos, fazia minhas próprias bombinhas, com pólvora negra que eu mesmo fazia com salitre, enxofre e carvão, colocando em rolos de papel higiênico, tubos de cebion e qualquer frasco que eu visse pela frente.
Dos 21 aos 40 anos de idade tive um 38 cano curto e no período de 4 anos que estive no EB na infantaria me sentia em casa, sempre gostei muito de tiro de precisão onde desenvolvi tiros de até 800m.

Em 2.010 que resolvi, por opção, substituir as armas de fogo por armas de pressão e comecei a praticar tiro esportivo, mas sempre pensando em defesa pessoal e sobrevivência; levei alguns anos e vários reais até chegar nos equipamentos que tenho hoje que considero ideias para cada situação.

Lucio Travassos
=============
Si vis pacem, para bellum
Encontrar todas as respostas deste usuário
Gostar da resposta Citar esta mensagem em uma resposta
[+] 4 Membros Gostaram da Resposta do Luciotravassos
06/12/2015, 11:31 (Resposta editada pela última vez em: 06/12/2015 11:32 por gribel.)
Resposta: #27
RE: Plano de Defesa do Acampamento
Fantástico, @Luciotravassos .
Estou embasbacado com essas carabinas.
Meus respeitos, Prepper!
Pena eu não morar na sua área : )

"Cai no mato, Corisco, que lá envém a volante! Escuita só..."
Encontrar todas as respostas deste usuário
Gostar da resposta Citar esta mensagem em uma resposta
[+] 3 Membros Gostaram da Resposta do gribel
06/12/2015, 11:34 (Resposta editada pela última vez em: 06/12/2015 11:34 por gribel.)
Resposta: #28
RE: Plano de Defesa do Acampamento
Entre uma balestra de 150, dessas comuns...e a velox....com qual vc ficaria?
Aliás...como é o desempenho e a resistência daquele mecanismo do Jair?
C13 na veia!!!!

"Cai no mato, Corisco, que lá envém a volante! Escuita só..."
Encontrar todas as respostas deste usuário
Gostar da resposta Citar esta mensagem em uma resposta
[+] 3 Membros Gostaram da Resposta do gribel
06/12/2015, 15:06
Resposta: #29
RE: Plano de Defesa do Acampamento
(06/12/2015 11:31)gribel Escreveu:  Fantástico, @Luciotravassos .
Estou embasbacado com essas carabinas.
Meus respeitos, Prepper!
Pena eu não morar na sua área : )

Obrigado @gribel o meu racional funciona assim, sempre quando há um muro eu tento chegar com uma escada.

Essas carabinas são de fato sensacionais, infelizmente no Brasil são caras demais, essa FX Revolution está entre R$ 10 mil e R$ 12 mil, ou seja, uma despesa muito grande, o que de certa forma não deixa de ser uma proibição.

Mas vale saber que elas existem e são uma possibilidade, uma alternativa sem tantas regulamentações governamentais.

Lucio Travassos
=============
Si vis pacem, para bellum
Encontrar todas as respostas deste usuário
Gostar da resposta Citar esta mensagem em uma resposta
[+] 1 Membro Gostou da Resposta do Luciotravassos
06/12/2015, 15:14
Resposta: #30
RE: Plano de Defesa do Acampamento
(06/12/2015 11:34)gribel Escreveu:  Entre uma balestra de 150, dessas comuns...e a velox....com qual vc ficaria?
Aliás...como é o desempenho e a resistência daquele mecanismo do Jair?
C13 na veia!!!!

@gribel a escolha é muito pessoal, então vou te passar a minha impressão.

Via de regra, minha opção são as de 120lbs por não exigir muito esforço para armar, ganho de velocidade na preparação do disparo.

Entre uma de 150 lbs e a da Velox, minha escolha para uma jornada mais curta seria a Velox pela potência, mas para uma jornada mais longa, escolheria uma tradicional de polímero pelo peso e pela facilidade da troca da corda em caso dela romper.

A da Velox, possui um arco muito pequeno, o que dificulta a troca da corda em um local se apoio e ferramentas.

Via de regra, o equipamento da Velox é algo para a vida toda, pois ele é uma peça única de alumínio fundido, dai seu peso.

Por isso a analise do objetivo de cada balestra, potência e durabilidade o Velox; peso para longos deslocamentos, os mais simples de polimero.

Lucio Travassos
=============
Si vis pacem, para bellum
Encontrar todas as respostas deste usuário
Gostar da resposta Citar esta mensagem em uma resposta
[+] 2 Membros Gostaram da Resposta do Luciotravassos
06/12/2015, 15:33
Resposta: #31
RE: Plano de Defesa do Acampamento
(06/12/2015 11:31)gribel Escreveu:  Fantástico, @Luciotravassos .
Estou embasbacado com essas carabinas.
Meus respeitos, Prepper!
Pena eu não morar na sua área : )

Se você gosta do tema, nem que seja apenas para uma boa leitura, recomendo os tópicos existentes aqui no fórum.
Recentemente fechamos um ciclo completo de preparação, ainda que não seja para adotar esse modo e estilo de vida, vale o conhecimento.

Lucio Travassos
=============
Si vis pacem, para bellum
Encontrar todas as respostas deste usuário
Gostar da resposta Citar esta mensagem em uma resposta
[+] 3 Membros Gostaram da Resposta do Luciotravassos
06/12/2015, 17:31
Resposta: #32
RE: Plano de Defesa do Acampamento
Na realidade ( a minha) , não é besta , zarabatana, faca, etc. A realidade é se você esta pronto para matar, pra matar qualquer coisa serve ( tijolo, chave de fenda, caneta bic, etc). Eu só mataria se ameaçasse dona onça e minha filhota.

E vós guerreiros, por acaso sois combatentes pela virtude e soldados da fé? A volta de Cristo - M. Roso De Luna
Encontrar todas as respostas deste usuário
Gostar da resposta Citar esta mensagem em uma resposta
[+] 3 Membros Gostaram da Resposta do Milton Correia Aguiar
07/12/2015, 11:11
Resposta: #33
RE: Plano de Defesa do Acampamento
(06/12/2015 17:31)Milton Correia Aguiar Escreveu:  Na realidade ( a minha) , não é besta , zarabatana, faca, etc. A realidade é se você esta pronto para matar, pra matar qualquer coisa serve ( tijolo, chave de fenda, caneta bic, etc). Eu só mataria se ameaçasse dona onça e minha filhota.

É um cálculo perigoso, primeiro que marginal e animais são predadores, virão preparados com suas armas e no seu tempo, ou seja, quando a presa está fatalmente em desvantagem.
No acampamento ou mesmo na área urbana estamos na posição de presa.

O jogo só dá condições de igualdade se tivermos capacidade e meios de reação, é nesse ponto que estar preparado emocionalmente para reagir e se necessário for sacrificar o seu agressor é que entra em ação de fato, antes é apenas um exercício mental e depois o suportar o fato ocorrido.

Lucio Travassos
=============
Si vis pacem, para bellum
Encontrar todas as respostas deste usuário
Gostar da resposta Citar esta mensagem em uma resposta
[+] 2 Membros Gostaram da Resposta do Luciotravassos
08/12/2015, 00:27
Resposta: #34
RE: Plano de Defesa do Acampamento
Ótimo tópico. Parabéns.

Segurança sempre em primeiro lugar.

O correto todos nós nesse fórum sabemos e concordamos que seria uma arma de fogo, mas com nossas leis podres, nem sempre podemos contar com esse tipo de defesa.

Como nem sempre posso estar armado, sigo algumas regras que sempre ajudam:

Estar sempre o mais escondido possível, por isso ando preferindo matas fechadas. Matas fechadas escondem até as fogueiras que fazemos.

Evito locais que são mais frequentados.

Matas particulares sempre são minha primeira escolha, mas nem sempre é possível.

Equipamentos e roupas escuras ou camufladas mesmo.

"Discrição" dentro da mata.
Isso é muito importante. Nada de som ligado, sair gritando, atirando, falando alto pela mata chamando a atenção de qualquer um que possa estar por perto.

De qualquer forma, sempre estou com alguma coisa que possa ser usado para defesa, carabinas ou pistola de pressão, arco, atiradeiras, zagaia, facão, faca, machadinha.
Chumbo quente é o que mais conforto e segurança nos transmite. PiscadaLingua

Aprender e ter prática com arremesso de lâminas tbém considero muito importante.
Um tomahawk por exemplo, pode ser uma arma muito poderosa e até letal se bem usada.

Estou incluindo no meu material de cabeceira no mato, umas bombas nervosas, para serem acendidas a qualquer momento que possa precisar.
Mas isso requer muito cuidado pessoal. Se forem abordados por algum militar, policia florestal ou até o pessoal do Ibama, isso pode caracterizar um possível confronto e sempre somos o lado frágil em uma situação dessas.

Digo isso pq alguns amigos estavam ilegalmente em uma reserva ambiental, apenas acampando, mas ilegais, pois sabemos que locais assim é proibido a entrada.
E foram abordados por uma equipe da polícia florestal e Ibama, foram hostilizados e tratados como marginais e até explicar que focinho de porco não é tomada, muita coisa pode acontecer.

Felizmente, nada aconteceu, apesar do susto e da merecida mijada, todos foram liberados com seus equipamentos.

Nisso deixo a palavra a nosso querido amigo caçador de trolls @Leão do Mato, que tem vasta experiência para nos passar melhores informações. Piscada

Abraço.

" "Você é livre para fazer suas escolhas, mas é prisioneiro das consequências."
Pablo Neruda
"
Encontrar todas as respostas deste usuário
Gostar da resposta Citar esta mensagem em uma resposta
[+] 6 Membros Gostaram da Resposta do Dambrós
08/12/2015, 08:40
Resposta: #35
RE: Plano de Defesa do Acampamento
Selva amigos

Eu acredito q esse assunto seja de alta prioridade em atividades mateiras, tanto quanto a própria sobrevivência em si. Logicamente quanto mais gente no campo melhor, pois como ja foi dito, pode-se fazer sistema de turno de vigia. Entretanto, ha situações q isso não é possível... Ai caímos nos recursos que os amigos já citaram acima.

Meu facão e canivete dormem comigo a rede. Sempre deixo uma zagaia no jeito. Sempre tenho tbm um rolo ou dois de linha de pesca (chamo de fio amigo - em breve um vídeo sobre) para um sistema de sinalização, e ao menos 3 tipos de sinalização: De longa e media distancia p pessoas e de curta distancia p animais. Uso sinetes de pesca ou crio dispositivos naturais q façam barulho apenas perto de mim. As fora isso, tenho estudado algumas possibilidades de explorar a arqueria e a cutelaria, que é o q a lei me permite usar, para quem sabe já tentar algumas "surpresas" no perímetro do campo. Tudo isso, logico, sem uma rota de fuga, de nada adianta. Se arma fogo te da uma chance, sem ela o negócio é evasão.... Sem pensar muito. Minha área aqui é repleta de palmiteiros e caçadores.. Pessoal bom de mato! Ou seja, minha desvantagem é nítida! Diria q meu sistema de proteção aqui é contra animais e n contra os homens. Mas ate agora tbm, graças a Deus, nenhuma ocorrência. Só alguns hippies, nóias, baladeiros de mato perdidos por ai, que tem mais medo da gente do que a gente deles...

Mas nada substitui a precaução e a noção do perigo, com certeza.

Abç

"Deixe seu suor no campo de treinamento para não deixar seu sangue no campo de batalha!" - Aristóteles.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Gostar da resposta Citar esta mensagem em uma resposta
[+] 3 Membros Gostaram da Resposta do Julio Rocha
Responder 


Tópicos Similares
Tópico: Autor Respostas: Visualizações: Última Resposta
  Alarme simples pro acampamento Stone 23 1.425 25/01/2017 13:13
Última Resposta: Colognese
  Sistema de alarmes para o acampamento wagner 36 12.766 07/06/2016 10:06
Última Resposta: LEÃO DO MATO

Ir ao Fórum:


Usuários visualizando este tópico: 2 Visitantes